Alterações para a ECD em 2021

22 de janeiro de 2021

A ECD (Escrituração Contábil Digital) 2021, trouxe breves alterações para informações referentes ao ano de 2020, dentre elas, a alteração da chave e regra do registro I051 – Plano de Contas Referencial. A chave, ou seja, campos mesclados, do registro, até a última versão da ECD era composto pelo “centro de custo e o código do plano de contas referencial”. Na atualização para este ano, será composto apenas o “centro de custo”.

Essa modificação implica na estrutura do plano de contas, da seguinte forma, anteriormente era possível ter várias contas referenciais para apenas um centro de custo, a partir de momento, será de forma individualizada, cada centro de custos poderá ser atribuído a uma conta referencial, conforme abaixo:

|I050|01012020|01|A|1113|111|CaixaZ

|I051|123|101010102 (Caixa Filial)

|I051|456|101010102

|I051|789|101010102

 

|I050|01012020|01|A|1112|111|CaixaX

|I051|123|101010102 (Caixa Filial)

|I051|456|101010102

|I051|789|101010102

 

O intuito da Receita Federal do Brasil (RFB), é facilitar o mapeamento das contas e a integração entre a ECD e ECF.

Ainda, houve outras alterações, como a exclusão do registro I151 – Assinatura Digital dos Arquivos que Contêm as Fichas de Lançamento Utilizadas no Período, e inclusão dos registros C050 – Plano de contas recuperado, C051 – Plano de contas referencial recuperado e C052 – Indicação dos códigos de aglutinação recuperados.

Luciano Guedes | luciano.guedes@consult.com.br